Replicações Contemporâneas
1/2/1997
 

DEL PILAR SALLUM mostra um amontoado de impressões de seus próprios dedos, feitas em bronze, alternadamente côncavas e convexas, realizadas a partir da prensa de seu polegar em moldes de areia e argila. A multiplicação de suas digitais escultóricas transforma-se em registro obsessivo de identidade. 

Traduzida numa miríade de formas que buscam, na quantidade de réplicas, registrar a cópia impossível em sua perfeita similaridade, o amontoado se desdobra numa multiplicidade descontrolada, não padronizável. Os pequeninos polegares-esculturas, juntos, em quantidade, tornam-se testemunhos das fantasias narrativas contemporâneas. Ora lembram formas marinhas, como conchas e mariscos, teimosamente brotados sobre a superfície, ora assumem formas escatológicas, imprecisas excreções avolumadas como múltiplos indesejados e inevitáveis. 

(Catálogo). Exposição Dublês de Corpos-Visões do Múltiplo Contemporâneo - Galeria Múltipla - São Paulo; 1997

 

Katia Canton 

A Mão Revelada

The Revealed Hand

Stella Teixeira de Barros

 

Temporada de Projetos

Seasons of Projects

Cristiana Mazzucchelli

 

Tempo-Mão

Time Hand

Stella Teixeira de Barros

Corpo/Suporte

Body/Suport

Maria Izabel Branco Ribeiro

Del Pilar Sallum

Del Pilar Sallum (english)

Maria Izabel Branco Ribeiro

 

Os Fios da Matéria

Materic Threads

Stella Teixeira de Barros